História e tipos de moeda

1. Distingue troca directa de troca indirecta.
   R: A troca direta é quando se troca um produto por outro produto , a troca indireta é por intermediário da moeda.

2. Apresenta exemplos de bens que tenham sido utilizados como moeda.
    R: Gado, sal, azeite, vinho, chá, conchas, metais , etc.


3. Define moeda-mercadoria.
    R: É quando qualquer bem pode servir como moeda.

4. “Para que um bem apenas sirva como moeda, esse bem deve ser inútil”. Justifica.
     Os bens que são não têm procura monetária pois não têm outras utilidades que não seja moeda.

5. Indica as características que um bem deve apresentar para funcionar adequadamente como moeda.
    R: As características que um bem deve apresentar são a durabilidade, a divisibilidade, aceitabilidade geral, reduzida procura monetária, deve manter o valor, prática de se movimentar e dificilmente falsificável.

6. Define moeda de papel (primeiras notas).
   A moeda de papel são tipos de notas que indicavam o ouro que tínhamos depositado. Podem ser convertíveis em ouro.

7. Explicita o conceito de moeda fiduciária (da expressão latina fiduciariu, que depende de confiança).
    R: São títulos ainda convertíveis, mas que já não representavam igual valor de metal depositado. São emitidos no pressuposto de que as pessoas não acorrem ao mesmo tempo a converter essas moedas em ouro.

8. Explicita o conceito de papel-moeda.
    R: É uma moeda de papel inconvertível, O Estado obriga à renúncia à sua conversão decretando o "curso forçado".

9. Define moeda escritural.
    R; Criada pelos bancos através da circulação edos depósitos ( ou créditos). Note-se que são os depósitos que são moedas e não os cheques ou ordens de pagamentos que os movimentam.


10. Define moeda de plástico.
      R: As moedas de plástico  são como os cartões de crédito.

11. Define moeda electrónica.
      R: São transações feitas através de terminais do computador no qual a conta bancária é movimentada diretamente.

12. Relaciona a evolução tecnológica com o processo de desmaterialização da moeda.
     A moeda foi perdendo o seu conteúdo material pois passou a ser formada por pedaços de papel impressos, legalizados pelo Banco central.

13. Distingue diversos tipos de cartões bancários: débito, crédito e pré-pagos.
      R:  Os cartões de débito são cartões que podemos gastar o dinheiro que lá temos, os cartões de crédito são os cartões que podemos por exemplo comprar agora e pagar depois ou seja o banco dispõe-nos um plafond que podemos gastá-lo e no final pagar normalmente são disponibilizados a empregados, os cartões pré-pagos são os cartões que podemos gastar o dinheiro que carregamos.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Lei dos Rendimentos Decrescentes

O financiamento da actividade económica: autofinanciamento e financiamento externo

A Economia como Ciência Social